sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Felinos do Escuro

Passeio no escuro da noite...
Grandes e amarelos olhos perseguem-me pela homogénea sombra,
Afiadas garras recortam-me o peito,
Por onde brota sangue
Que como uma fonte,
Que ignora a mais básica das leis...
...Sobe para a Lua,
Reconfortando-se com o calor de um pequeno gato...

Grifo

3 comentários:

João Cunha disse...

Fez-me lembrar da minha gatinha falecida à pouco mais de um ano. :)

geocrusoe disse...

Um tema diferente embora com o jogo de escuridão e luz (lua) presentes.
Sem dúvida uma homenagem a estes felinos pelos quais eu tenho uma grande paixão e que há muito me temperam a vida.
entre outros que tive e tenho, todos recolhidos ou que me adoptaram como dono, encontra-se uma gata Sereia por ter-me cativado com os seus miados lacinantes de bébe abandonado, já com cerca de 17 anos.

Grifo disse...

Parece que fiz lembrar a muitos os seus gatos...

17 anos! Daqui a um ano já pode ser presa... xD

Tentei retratar um gato com este poema... principalmente o meu...

Visitantes até ao verão de 2009

MySpace Widgets