quarta-feira, 25 de junho de 2008

Ignorância

Olá!

Hoje não venho com poemas, venho falar-vos da ignorância em que vive grande parte da nossa sociedade.
Na minha turma uma parte dos alunos vêm de famílias mais abastadas (casarões e roupa de marca), a minha directora de turma decidiu abrir os olhos aquelas cabecinhas egocêntricas e passou uma apresentação com varias imagens de crianças que vivem em países do 3º mundo associados a pedidos de doces e roupas de marca [ex: Eu quero adidas mas deram-me nike. Eles não tem escolha (uns chinelos de garrafas de plastico)]. Deviam ver as caras deles no fim, a directora de turma perguntou se alguém tinha algum comentário (eu a ver e não sabia se ria das suas caras se ficava triste de saber que existiam pessoas assim), ninguém falou, só um pouco depois é que um numa turma de 23 falou, para dizer que agora já não nos podiam-mos queixar (como é claro não era quem se pretendia), no fim foi como se não tivessem visto nada, voltou tudo ao normal.

É triste saber que existem pessoas no mundo que vivem indiferentes ao que se passa em outros países e até á sua volta, sem valorizar os bens que têm.

Grifo

4 comentários:

frases do meu ser disse...

meu caro: neste mundo de arrogantes não vale a pena tentar obter resultados depois de essa apresentação pois passa completamente ao lado aqueles que nunca tiveram problemas de dinheiro e sempre viveram na ideia que vão ter sempre tudo logo dar importância a esses actos e uma coisa que não deves fazer (podes mas não deves) pois só vai ser pior....

Fábio disse...

Hoje em dia é assim, e para aqueles que não teem nada um Adidas seria tão bom como Nike.
É uma realidade que a eles pouco importa.
Mas a tua ideia foi clara, G00D!

Anónimo disse...

Gosto do teu blogger tanto da musica muito boa como dos poemas e este texto esta muito bom so mostra que pensas na vida continua assim e vais longe!!

AXINADO:CArcavelos city forom travian

ematejoca disse...

Meu caro Grifo, como és sensível ao que se passa à tua volta.
Bem, és poeta e os poetas tem outros olhos para ver a nossa sociedade de consumo.

Ao ler este teu texto lembrei-me do que disse a Maria Antonieta quando lhe disserem que o Povo Frances nao tinha pao. Ela respondeu: entao que comam doces. Essa ignorancia custou-lhe a linda cabecinha.

Saudacoes outonais!

Visitantes até ao verão de 2009

MySpace Widgets