domingo, 5 de abril de 2009

Letras que choro

Cada palavra que escrevo,
Como emoção que me escorre pelos dedos,
Luz que invade o peito, ...
...Lágrimas que deslizam pela face....
Perdi a necessidade de chorar...
De lavar a alma com lágrimas,
Expressando plenamente o meu ser em simples letras,
Frases de sonhos e fantasias,
Tristeza que brota como água pelo peito,
Sentimentos que tomam as minhas mãos violentamente,
Sentimentos que choram o que a boca mente...

Grifo
01/04/09

5 comentários:

geocrusoe disse...

muito bonito o poema e mostra exactamente o que é a tua poesia através do verso
"Expressando plenamente o meu ser em simples letras"
Lindo!

geocrusoe disse...

só agora depois de ver o blog ematejoca é que eu percebi que podes não estar on-line na próxima semana por o pc ir a reparações. assim se não nos lermos antes de sábado... FELIZ E SANTA PÁSCOA para ti.

Grifo disse...

"Sentimentos que choram o que a boca mente..."

Enganei-me ao escrever e coloquei alma em vez de boca :S

:)

Anónimo disse...

Lindo!
Boa Páscoa, Jesus Cristo!
xD
Bjos
G

*'Borbuleta @D.C. disse...

Fantastico..

Visitantes até ao verão de 2009

MySpace Widgets