sexta-feira, 2 de julho de 2010

Renascer



Os raios de sol trespassam o horizonte,
Num grandioso renascer da luz.
As flores que mortas nas trevas choravam
Olham agora o sol com gratidão...
A vida floresce num frenesim de felicidade
E a leveza do espírito da terra paira no ar.
O perfeito equilíbrio é estabelecido,
A harmonia invade todos os corpos,
Que numa orgia de felicidade
Se regozijam com este luminoso mundo...

Grifo

Foto daqui

3 comentários:

geocrusoe disse...

Um poema em consonância com o dia de hoje e um incentivo para levantar a moral

alfacinha disse...

E cada dia o sol repete seu esplendor

ஜ♥_Sabrith_♥ஜ disse...

Goatei do poema!

Visitantes até ao verão de 2009

MySpace Widgets