quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Melodia Universal

O vento sopra os prados queimados pelo sol,
Com uma caricia de pacifica frescura.
A terra abraça o mar num amar platónico,
O céu benze a terra com um raiar de renascimento,
O sol penetra nas escuras cavernas.
Gaia canta num harmonioso vibrar.
Em que tão celestial melodia
Atinge a profundidade das almas,
Que agora compreendem o tão simples viver da vida.

Grifo

4 comentários:

lucyinthesky disse...

lindo... adorei.....

abraços

boa semana

geocrusoe disse...

Muito pró Lovelock ;)

Sónia Medeiros disse...

Fascinada com o teu blogue. Parabéns :)

ematejoca disse...

Comentarei depois.

Agora passo apenas para te dizer que vai haver algo para ti no "ematejoca azul".
Passa por lá, por favor, mas SÓ amanhã!!!

Abraço e bom fim de semana.

Visitantes até ao verão de 2009

MySpace Widgets