segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Pintado na alma

Surges como pinceladas na minha alma.
Surges em tons laranjas de luz...
Oh! doce felicidade...
Amor de verdadeira luz,
Asas do coração!
Asas que se movem sozinhas,
Rumo ao infinito do horizonte,
Rumo á luz...
Rumo... ao amor!

Grifo

3 comentários:

geocrusoe disse...

Um poema que dá continuação ao anterior... rumo à luz como sempre

Grifo disse...

foram escritos no mesmo dia... na mesma hora... no mesmo sitio... :P

os últimos três...

ematejoca disse...

Gosto desta triologia. "Pintado na alma" é o meu preferido.

Visitantes até ao verão de 2009

MySpace Widgets